Páginas

Dia dos namorados... Ah o dia dos namorados



 Quantos casais felizes, quanto marketing envolvido nisso, o comércio faturando horrores... e claro aqueles que não vêem a hora de largar porque não estão agüentando mais, mas com a chegada do dia “deles” não largam, pois estão á espera dos presentes. Mas também tem o outro lado da historia, os solteiros. Vamos combinar que ser solteiro nem é tão ruim assim, mas com a chegada do dia dos namorados algumas pessoas ficam loucas á procura de alguém. Mas será que bate aquela vontade de ter alguém, pela companhia, pelo carinho ou simplesmente pelos presentes?? Rsrs Nada melhor pra definir esta data do que uma citação que encontramos no Facebook, pena que não tem autor, Mas vamos lá:
Queria falar sobre um assunto muito sério: Depressão pré dia dos namorados. Nesse momento tão trágico do ano as pessoas resolvem te ignorar, não te procurar, os pedreiros economizam as cantadas. Você vai à padaria arrumada como se fosse pra uma festa e o padeiro nem te olha. Nessa fase de extrema psicose, nada nunca é o suficiente e parece que, de alguma forma irritante, todos os seus ex rolos e afins estão insuportavelmente felizes. Os casais se amam e esfregam isso na sua cara em todas as redes sociais. Você ouve músicas que agravam seu estado, injeta chocolate na veia, desenterra pessoas desnecessárias que, infelizmente, não vão se enterrar sozinhas ou com facilidade depois disso tudo. Toda e qualquer ação resulta num maldito e enorme arrependimento pós-depressão ou até durante, dependendo do que você fez. O nível de impulsividade tende a subir conforme a aproximação do dia 12 e, enquanto você fica repetindo pra si mesma que não é assim, o mundo conspira contra você, pessoas se juntam pra te fazer acabar na cama, engordando e vendo filmes com casais perfeitos, vidas perfeitas e você perfeitamente na merda. Como não tem advertências do ministério da saúde, vou ressaltar as mais importantes: Chocolate, comédia romântica, acesso à internet, celular com crédito e músicas deprê em excesso e juntos nesse período, podem causar danos extremamente difíceis de serem revertidos. No caso de não resistir, procure uma amiga, duas, todas. Você não tá sozinha nessa, dia 13 vai chegar e devolver toda a nossa dignidade. Lembre-se: Não tá fácil pra ninguém.”
 
                                                               Beijos,
                                                                           Aline Martins

2 comentários:

A-M-I-G-A-S em C-R-I-S-E disse...

Olla, obrigada por estar seguindo nosso blog
gostei muiito do seu tambem e vou seguir
bjuus, das amigas em crise : http://amigasemcrise.blogspot.com.br/

Futuras Nutricionistas disse...

Obrigada! *-*

Postar um comentário